Sobre Atos
de Fala

Uma plataforma dedicada a experimentar com o corpo da palavra, e com os discursos do corpo.
Atos de Fala é uma plataforma curatorial concebida por Felipe Ribeiro e Cristina Becker que desde 2011 atua nos interstícios dos múltiplos campos artísticos investigando a relação entre a arte de performance e o texto. A cada edição de AdF, procuramos performances que em seu processo experimental reverberem o contexto em que se inserem ao mesmo tempo em que reformulem antigos conceitos e coloque-nos novas demandas.  + 

.22

Se toda possibilidade que inventamos é revertida contra nós, cabe a arte materializar o impossível.
Vem aí AdF.22 - Materializar os impossíveis – Inscreva-se para participar.  +

.19

A fuga como complô de desestabilização do poder
Atos de Fala chega à sua quinta edição sob a cruel percepção de que a livre flutuação de capital vem, mais uma vez, às custas da repressão e do cerceamento das populações historicamente vulneráveis e desassistidas. A noção de liberdade é uma disputa e, sob essa lógica, parece migrar drasticamente do corpo para a corporação.  +
O que fazer quando a desinformação se torna uma tática de guerra?
Esta edição AdF.crise propõe um encontro alongado, utilizando-se do formato de aulas como produção criativa. Durante três dias, artistas, e teóricos se encontram no auditório do Centro Municipal de Artes Hélio Oiticica para levar a cabo o ciclo de palestras-intervenções intitulado A Besta e o Soberano. +

.16

Vislumbrar outros horizontes, sem tirar os pés no chão.
Pensamos em futuridade e seguimos José Muñoz quando coloca que é necessário inventar outras formas de Futuro que não estejam tão ligadas à economia da reprodução. Para isso, Muñoz leva a cabo o projeto de Ernst Bloch, o de “viver o Futuro no Presente”, e portanto dissociando a utopia de uma base fantasiosa e meramente otimista. +

.14

Forçar-nos estrangeiros em nossa terra natal.
Os processos nômades que geram essa geografia são muitos e em especial os que os artistas convidados propoem de volta à nós. Através de suas obras percebemos uma rede de sentidos e afetos que exala o cheiro forte da ambivalencia do urbano. +

.11

A historia, a política e o afeto dos arquivos.
A relação entre arte e discurso gera, há bastante tempo, incansáveis pesquisas e elaborações de toda ordem. Instigados por essas discussões, propomos Atos de Fala: um evento de palestras-intervenções, vídeos-ensaios e esculturas-arquivos, que nos convidam ao pensamento sobre formatos reconhecíveis de discursos.  +
EntreAtos são apresentações que acontecem esporadicamente entre edições do Festival AdF.
Inspirados pelos intercâmbios multidisciplinares do Festival Atos de Fala, criamos o EntreAtos, um programa de apresentações que acontecem entre as edições do AdF. EntreAtos tem sido marcado por sua maleabilidade conseguindo acomodar apresentações que nem sempre conseguem convergir sua agenda com a de nosso festival. +
Translate »