Ricardo Domingues

Numa entrevista, Ricardo Dominguez se refere ao movimento Zapatista como uma revolução social feita pela rede, baseada numa ferramenta bastante simples: o envio de emails. Foi baseada nesta simplicidade de usos tecnológicos que o artivista desenvolveu o Electronic Disturbance Theater (EDT), e que utiliza a rede como um palco digital onde a matrix da performance pode ser reelaborada. Exemplos variam desde o FloodNet dispositivo que multiplica o acesso à páginas na internet interrompendo seu funcionamento por excesso de uso, ao TBT (TransBorder Immigrante Tool) que através de celulares com GPS informa a proximidade de onde há agua, e versa sobre os amplos siginificados de sustento para imigrantes mexicanos cruzando a fronteira e o deserto norte-americanos. No momento em que verdadeiras revoluções de singularidades facilitadas pelas redes sociais acontecem com enorme vigor no mundo árabe e na Espanha, Ricardo Dominguez, acompanhado de Brett Stalbaum apresentam-nos Sustenance a play for all trans[ ]borders.
Translate »