ATOS DE FALA

Geografias da Diáspora

Atos de Fala surge de um conceito que pensa a capacidade de ação dos textos.
Ou seja, o que um texto é capaz de mover quando proferido. Os exemplos são muitos e alguns dos recentes remetem desde a luta por casais gays em poder dizer sim um para o outro a frente de um juiz – e por isso serem percebidos pelo estado, à como lidamos com as promessas em tempos de eleição. A força das palavras perpetua sempre forças de ação.

É exatamente motivado por essa força que criamos a plataforma Atos de Fala. Interessa-nos investigar como diferentes formas de texto reelaboram cenas, imagens, objetos.

E assim constituímos esse festival com Palestras-Intervenções, Vídeos-Ensaios e Esculturas-Arquivos, três modalidades que explicitam cada uma a sua performatividade.

 

SOBRE AdF.14

A cada edição de Atos de Fala, um mote é criado para que as obras conversem entre si. Nesta, propusemos um enquadramento a que chamamos Geografias da Diáspora.

Os processos nômades que geram essa geografia são muitos e em especial os que
os artistas convidados propoem de volta à nós. Através de suas obras percebemos uma rede de sentidos e afetos que exala o cheiro forte da ambivalencia do urbano, dos devires de força do mato, das construções coletivas de espaços-sonoros, das relações entre colonialismo e desequilibrio de gênero, das antropologias do entorno, de encontros casuais, ficcionais, as coletividades desidentitárias, um agrupado de linhas de forças que expandem a geografia em sua diáspora, fazendo do espaço pura relação, e sempre refazendo o próprio espaço.

Atos de Fala – Sobre o Festival

Programação

04 a 11 de outubro de 2014

TERÇA, 04/11 às 19h

Pentagrama > Fausto Fawcett

Galeria 4o andar
Palestra Intervenção (35 minutos)

 

QUARTA, 05/11

1a Escultura-Arquivo a partir de Pentagrama

Galeria 4o andar

 

QUINTA, 06/11 às 19h

Estudo para uma Devoração > Andrea Bardawil

Galeria 2o andar
Palestra Intervenção (aprox. 60 min.)

 

SEXTA, 07/11 às 16h

2ª Escultura-Arquivo a partir de Estudo para uma Devoração

Drumming & Rain – A Choreographer’s Score
Lançamento do Livro de Anne Teresa De Keersmaeker & Bojana Cvejic ́
Teatro Oi Futuro

 

SÁBADO, 08/11 às 19h

The Telepathic Motion Picture of ‘The Lost Tribe’/ O mito do continente fêmea e o surgimento do novo homem > Libidiunga Cardoso

Galeria 2o andar
Palestra Intervenção (30 minutos)

 

DOMINGO, 09/11

3a Escultura-Arquivo a partir de The Telepathic Motion Picture of ‘The Lost Tribe’/ O mito do continente fêmea e o surgimento do novo homem
Galeria 2o andar

 

TERÇA, 11/11

Diagrama > Ricardo Basbaum

Galeria 5o andar

 

TERÇA, 11/11 às 21h

Os Serrenhos do Caldeirão, exercícios em antropologia ficcional > Vera Mantero

programação do Espaço SESC / Mezanino
Palestra Intervenção

 

QUARTA, 12/11 às 19h

Conversa entre a interprete e coreografa Vera Mantero
e os Curadores do Atos de Fala, Cristina Becker e Felipe Ribeiro

Espaço SESC / Mezanino

 

QUINTA, 13/11 às 19h

Conversa-Coletiva > Ricardo Basbaum

Com Amora Pera, Fabiana Faleiros, Lucas Sargentelli, Luiza Crosman, Rafa Éis, Tatiana Klafke e Virgínia Mota.
Galeria 5o andar
Palestra Intervenção (20 minutos)

 

SEXTA, 14/11

4a Escultura-Arquivo a partir de Conversa-Coletiva

Galeria 5o andar

 

SÁBADO, 15/11 às 19h

Melodrama > Eszter Salamon

Galeria 4o andar
Palestra Intervenção (2 horas e 30 minutos)

DIARIAMENTE

Das Brigas com Deus > painel em construção coletiva
parede externa – Galeria 4o andar

 

Vídeos-Ensaios:

Empretei > Marcelo Evelin
(16 minutos)

Maternidade Escola > Pablo Assumpção
(11 minutos)

Essa Rua vai dar no Mar > Miwa Yanagizawa
(12 minutos)

atos14-artistas-001

Artistas

Andrea Bardawil
Fausto Fawcett
Eszter Salamon
Libidiunga Cardoso
Ricardo Basbaum
Vera Mantero
Marcelo Evelin
Miwa Yanagizawa
Pablo Assumpção
Vera Mantero

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DA EDIÇÃO 2016